sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Oração a Grande Mãe- Mahakali

Tu que tens a beleza de uma Lakshimi
A força de Kali
E a doçura de Parvati
Tu que és tão sábia quanto Saraswati
E sensível como Radharane
Tu que es a Deusa que existe em todas as outras
Que detém a magia do amor
E de parar o tempo...
Tu, de cujo ventre
Todas as deusas nasceram
Olhai por mim
Por todas nós, mulheres
Mães em verdade, ou em potencial
Capazes de gerar
A Luz
Nenhum ser é tão especial
Como aquele a quem tu transmitiste
Pessoalmente, o dom de Criar
Gerar, Multiplicar e Fertilizar

Nenhum ser em nenhum dos mundos
Desde os Devas aos Anjos
Nenhum deles mais especial
Que este Ser cheio de curvas
E tão capaz de amar
Das suas mãos recebemos o cálice
Que deve ser derramado na boca
De vinte ou mais homens
A fim de que conosco se elevem
Nos traga coragem para
Jamais deixar que os filhos de nossos ventres
Caiam em tentação
Que a nossa liberdade
Seja sempre usada em prol de ambos os sexos
Que possamos nos conectar contigo
E com cada um de seus aspectos
Sempre que necessitarmos

O feminino sagrado habita em mim
Em ti e em todos nós
Suas bênçãos derramadas
Sobre nossas cabeças
É a prova de que até caímos
Ou decaímos
E conosco levamos para cima ou para baixo
Quem conosco, está
Mas temos força
Para com nossas mãos e unhas
Fincadas no chão
De novo, nos levantar
Somos deusas sim
Em forma e corpo de mulher
Transcendemos os mundos
Captamos as energias
Da terra, do mar, do sol
E de todos os elementos
Viajamos no mundo da sensibilidade
E quem quer que conosco se aventure
É convidado não a entender
Mas a vivenciar
Os prazeres do corpo
E a leveza da alma.” (Chandra Veeresha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário