quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Tantra- Anand responde dúvidas sobre Maithuna

Anand,
´´Recentemente recebi um convite para participar de eventos em vosso espaço (Templo da Lua) relacionados a Tantra. Um deles é o Maithuna Sexo Sagrado, e por mais que eu não quisesse acabei indo dar uma olhada na Internet e encontrei muita, mais muita baixaria. Sei que isso não é Tantra, mais o que se dá o fato de tantas pessoas usarem o nome do Maithuna, e elas realmente sabem o que estão fazendo? Confesso que em alguns momentos me senti enojada.´´
(Gabriela S. C.)
Olá minha querida Gabriela,
Sim realmente o convite foi enviado a muitas pessoas que acompanham o nosso Trabalho com Tantra e acredito que voce tenha sido uma delas.
Suas perguntas são um tanto complexas, porém vou colocar o meu ponto de vista perante as minhas experiências e apontamentos.

Maithuna é uma Liturgia Sagrada que pertence ao Tantra, dentre tantos Rituais que existem dentro do Tantra, o Maithuna é mais um.
Um dos meus mestres dizia que 5% por cento do Tantra é Sexo, e dentro desses 5% o Maithuna esta incluso.
Maithuna seria o Ato Ritual de Sexo Tântrico, uma forma diferente e totalmente ritualística de experimentar o sexo.
O sexo como é visto e feito hoje não passa de uma destruição dos seus desejos, dos seus potenciais, da sua energia, e o Maithuna é o contrário, é o resgate de uma forma de amor já experimentada pelo homem, sem pressa, sem desespero, sem correria.
Mais em uma sociedade onde as pessoas vivem ligadas no 220, trabalham, trabalham e trabalham, nunca tem tempo pra nada, como essas pessoas conseguiriam experimentar o Maithuna?
Fica a dúvida!
Um ritual mágico que requer destreza, treinamento, sabedoria e muito conhecimento de Mantras, ásanas, Puja e muito mais. Segundos textos antigos o Maithuna dura 21 dias. UAU né!!! 21 dias de práticas internas e externas que levaria ao tão sonhado ´´momento cósmico´´ a União entre Shiva e Shakti, o tão sonhado Sexo Tântrico.
Eu sempre digo que as pessoas PODEM, mas não querem tanto assim.
Colocam empecilhos, dificuldades, muretas e mais um monte de lixo social, para dizer que não dá.
Mas é possível sim, basta se empenhar.
Aqui em nossos cursos e workshops abrimos um leque de práticas para que o participante se torne um PRATICANTE. Isso não quer dizer que ela irá se tornar um perito em Maithuna, ou em Tantra, mas ele estará aberto para isso. Para chegar ao fim da escada é necessário subir o primeiro degrau, e esse é o primeiro degrau.
Apontamos para um caminho sério, real e experimental onde cada um tem suas experiências sensoriais e compreende por si só a importância de seguir, de trilhar e de se jogar de cabeça no Tantra.

As pessoas usam o nome do Tantra, usam o Xamanismo, usam a Wicca, elas usam e abusam de tudo em nome de suas doenças, de suas disfunções, seja espiritual, emocional ou física. Usam porque não são pessoas comprometidas, usam porque querem ter alguma vantagem sobre voce, sobre mim, sobre qualquer pessoa que apareça. mas tenha compaixão delas, elas não conhecem os segredos, elas não se sentaram com um mestre, elas nem se quer sabem o que estão fazendo, tenha a mais absoluta COMPAIXÃO, e tenha também muita Intuição para saber onde ir e com quem ir, afinal como voce disse, existem várias pessoas despreparadas, e isso é um perigo, um grande perigo.

Se voce tem algum interesse real pelo Tantra, pelo Maithuna, ou simplesmente pelo Amor, escute seu coração, vá aonde ele te chama, vá em direção a si mesma e ai o tantra acontece pra voce. Esteja sempre aberta e muitas possibilidades podem chegar até voce, muitos presentes, inclusive o Maithuna.

Bençãos e muito amor em sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário