sábado, 28 de setembro de 2013

TANTRA E ACAMPAMENTO TANTRICO

Este é o Acampamento Tântrico “Segredos Sexuais”
Além das vivências e práticas tântricas, dos Sat Sangs (reuniões com perguntas e respostas)e dos rituais, o curso Segredos Sexuais fará parte da nossa programação. Vamos explorar profundamente a sexualidade, de forma sagrada, descontraída e amorosa
É provável que voce tenha dezenas de preconceitos em relação ao sexo, graças a uma sociedade patriarcal e repressora que vem crescendo em diversas partes do mundo, inclusive na Índia atual.

Para a sociedade,uma pessoa espiritualizada deve sublimar o sexo, do contrário, não é capaz de alcançar a Deus. O Tantra enxerga a sexualidade de uma forma diferente. Para nós tântricos, o sexo é um portal. O sexo é a energia da criação. Ele é belo, potente e transformador, no entanto sua atitude em relação a ele é que precisa ser observada e redirecionada. Portanto, prepare-se para mudar seus conceitos em relação ao prazer, ao sexo, ao sexo oposto, ao próprio Tantra e à felicidade. Nós vamos romper com tudo isso.

Os textos tântricos asseguram que tanto podemos nos escravizar ao sexo, quanto nos libertar dos liames terrenos, através dele. O tesão e o erotismo são bem vindos, quando canalizados em prol de uma “nova consciência”. O sexo é portanto um degrau importante para quem quer experimentar o amor (convencional e não convencional- isto porque no acampamento, os casais são montados na hora de cada vivência, independente de já se conhecerem ou não).

Nas vivências e rituais propostos,cada homem e cada mulher personificará um deus e uma deusa, seguindo a Mitologia Indiana, onde no primeiro estágio se aprenderá como
mudar padrões mentais e o comportamento em relação ao sexo, num segundo estágio (mais intenso que o anterior), como despertar o amor por meio do sentimento erótico e então, já num terceiro estágio, o renascimento; o êxtase; a transcendência das trevas da ignorância, por meio de uma canalização responsável da energia sexual. Neste terceiro estágio, as técnicas apresentadas aumentam o clímax sexual e as sensações de prazer.
Voce aprenderá muitas técnicas para ascender a “chama interior”.Embora uma transformação pessoal possa acontecer sozinho, é através das práticas com um(a) parceiro(a) que se adentra a imortalidade, ensina o Tantra.

Sua vida tomará outra dimensão. Uma dimensão maior, mais livre, mais amorosa, mais vital, mais orgástica e mais feliz.
Entregue-se ao que é e seja bem vindo ao mundo místico, mágico e inebriante do Tantra.

NO SITE OFICIAL www.templodaluaterapias.com vpce encontra parte da programação estudada e vivenciada durante o nosso VIII Acampamento Tântrico. Esclarecendo que aí estão os apontamentos de cada estágio de desenvolvimento. Todos eles contem vivências corporais tântricas, jogos, danças, dinâmicas e alguns rituais secretíssimos de êxtase, prazer e iluminação.E alguns deles em volta da fogueira!

Quer saber valores e formas de pagamento???Entre no site oficial. Está tudo la, ou ligue para nós.
www.templodaluaterapias.com
INSCRIÇÕES E RESERVAS: (11) 3427-3659

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Tantra- Anand responde dúvidas sobre Maithuna

Anand,
´´Recentemente recebi um convite para participar de eventos em vosso espaço (Templo da Lua) relacionados a Tantra. Um deles é o Maithuna Sexo Sagrado, e por mais que eu não quisesse acabei indo dar uma olhada na Internet e encontrei muita, mais muita baixaria. Sei que isso não é Tantra, mais o que se dá o fato de tantas pessoas usarem o nome do Maithuna, e elas realmente sabem o que estão fazendo? Confesso que em alguns momentos me senti enojada.´´
(Gabriela S. C.)
Olá minha querida Gabriela,
Sim realmente o convite foi enviado a muitas pessoas que acompanham o nosso Trabalho com Tantra e acredito que voce tenha sido uma delas.
Suas perguntas são um tanto complexas, porém vou colocar o meu ponto de vista perante as minhas experiências e apontamentos.

Maithuna é uma Liturgia Sagrada que pertence ao Tantra, dentre tantos Rituais que existem dentro do Tantra, o Maithuna é mais um.
Um dos meus mestres dizia que 5% por cento do Tantra é Sexo, e dentro desses 5% o Maithuna esta incluso.
Maithuna seria o Ato Ritual de Sexo Tântrico, uma forma diferente e totalmente ritualística de experimentar o sexo.
O sexo como é visto e feito hoje não passa de uma destruição dos seus desejos, dos seus potenciais, da sua energia, e o Maithuna é o contrário, é o resgate de uma forma de amor já experimentada pelo homem, sem pressa, sem desespero, sem correria.
Mais em uma sociedade onde as pessoas vivem ligadas no 220, trabalham, trabalham e trabalham, nunca tem tempo pra nada, como essas pessoas conseguiriam experimentar o Maithuna?
Fica a dúvida!
Um ritual mágico que requer destreza, treinamento, sabedoria e muito conhecimento de Mantras, ásanas, Puja e muito mais. Segundos textos antigos o Maithuna dura 21 dias. UAU né!!! 21 dias de práticas internas e externas que levaria ao tão sonhado ´´momento cósmico´´ a União entre Shiva e Shakti, o tão sonhado Sexo Tântrico.
Eu sempre digo que as pessoas PODEM, mas não querem tanto assim.
Colocam empecilhos, dificuldades, muretas e mais um monte de lixo social, para dizer que não dá.
Mas é possível sim, basta se empenhar.
Aqui em nossos cursos e workshops abrimos um leque de práticas para que o participante se torne um PRATICANTE. Isso não quer dizer que ela irá se tornar um perito em Maithuna, ou em Tantra, mas ele estará aberto para isso. Para chegar ao fim da escada é necessário subir o primeiro degrau, e esse é o primeiro degrau.
Apontamos para um caminho sério, real e experimental onde cada um tem suas experiências sensoriais e compreende por si só a importância de seguir, de trilhar e de se jogar de cabeça no Tantra.

As pessoas usam o nome do Tantra, usam o Xamanismo, usam a Wicca, elas usam e abusam de tudo em nome de suas doenças, de suas disfunções, seja espiritual, emocional ou física. Usam porque não são pessoas comprometidas, usam porque querem ter alguma vantagem sobre voce, sobre mim, sobre qualquer pessoa que apareça. mas tenha compaixão delas, elas não conhecem os segredos, elas não se sentaram com um mestre, elas nem se quer sabem o que estão fazendo, tenha a mais absoluta COMPAIXÃO, e tenha também muita Intuição para saber onde ir e com quem ir, afinal como voce disse, existem várias pessoas despreparadas, e isso é um perigo, um grande perigo.

Se voce tem algum interesse real pelo Tantra, pelo Maithuna, ou simplesmente pelo Amor, escute seu coração, vá aonde ele te chama, vá em direção a si mesma e ai o tantra acontece pra voce. Esteja sempre aberta e muitas possibilidades podem chegar até voce, muitos presentes, inclusive o Maithuna.

Bençãos e muito amor em sua vida.

Tantra- Anand fala sobre a Balada Tântrica

Anand, me diga uma coisa.
Estou muito interessada em ir na Balada Tântrica que voces estão organizando, porém tenho uma dúvida. O que exatamente isso tem haver com o Tantra? Não seria uma forma de chamar pessoas que nada tem haver com o propósito de voces e do Templo da Lua?
(Ragini T. P.)
Ragini, suas dúvidas devem ser a dúvida de muitas pessoas que ainda não entenderam a proposta do Templo da Lua.
Aqui não nos vendemos por nada, somos seguros do que estamos fazendo e temos um respaldo bem grande pra isso.
Agora o que tem haver a festa com o Tantra?
Tem tudo haver, O Tantra é Alegria, é divertimento, é celebração, é abraço, é dança, é vida. Muitos só conhecem do Tantra a parte sexual, a parte que é explorada por doentes, mas o Tantra é bem mais profundo, ele vai entrando dentro de voce e não quer mais sair, ele te domina e pronto, voce começa a fluir.
Antigamente na Índia os povos tântricos (segundo pesquisa) gostavam muito de dançar, de cantar, de celebrar o natural e a natureza. Tinham rituais para a natureza e nesses rituais a alegria estava sempre presente.
Homens e mulheres celebrando a luz da lua, em volta da fogueira, na partilha da colheita ou mesmo em datas que comemoravam o aniversário dos deuses (como Shiva). Mas isso ao longo da Ocidentalização do Tantra foi se perdendo, foi deixado para trás e o ´´Sexo Marginalizado´´ veio como uma salvação para os repressivos e repressores e toda a bagagem do Tantra foi deixada pra trás.
Quando fazemos e nos preparamos para um evento como a Balada Tântrica, estamos somente mostrando as pessoas o que tem por trás, o que esta embutido. Claro que tudo é adaptado para a nossa Era, pois seria quase que impossível fazer algo semelhante ao que eles faziam. Mas estamos aqui, dando oportunidades reais para muitos quebrarem seus paradigmas com relação ao Tantra.
Muita gente se perde no caminho, começa com um propósito e ai o sexo é mais forte, o sexo toma conta e o que antes era sagrado, agora não tem mais valor nenhum.

O nosso propósito e nossa intenção sempre foram bem claras para todos, oferecer o Tantra não somente como uma terapia de prazer, mas uma luz para a alma, uma ascensão para o seu SER, uma opção de vida mais celebrativa, amorosa, carinhosa e alegre.
Não se preocupe com a intenção das outras pessoas, elas não viram se suas intenções forem contrárias a nossa e ao Templo da Lua. O próprio Universo se encarrega de afastá-las, de coloca-las longe daqui.
Então se a sua intenção é igual a nossa, venha e deixe por nossa conta.

Benção e beijos na alma.
Anand Milan Ram.

Tantra- O Outro em Voce (em mim)

O Outro em Voce
"Uma coisa importante nas relações conjugais é admitir que não se conhece e nunca conhecerá o outro. Jamais pense que conhece tudo sobre seu parceiro ou parceira. Não, voce não conhece. Admita isso a si mesmo. Quando voce pensa que já sabe tudo do outro, a decepção é constante. E para que uma relação perdure, é necessário perceber coisas novas no outro. É como se a cada dia ele fosse uma pessoa nova.

Voce dorme com uma pessoa e acorda com outra. Olha que maravilha!
A relação se renova...Voce se apaixona e desapaixona mil vezes por dia...E se apaixona de novo...E de novo...Isso é muito insano, mas o Amor é insano...

Isto lhe dá a sensação de mistério e de "querer desvendar", mas com a consciência de que muitos mistérios jamais serão desvendados. Isso lhe dá tesão em compartilhar a vida com o outro.

Invista em se autoconhecer. O outro é seu espelho. O outro é companhia na caminhada da vida. O outro lhe informa muito mais sobre voce do que sobre ele mesmo. Se meditar mais profundamente então, voce poderá ir fundo...O outro pode lhe ajudar, é isso que diz o Tantra...Ambos são como alavancas...

O outro vai com voce até certo ponto. Ele lhe dá ferramentas para que voce se veja, mas daí em diante ele precisa morrer dentro de ti...Precisa desaparecer....E nesse desaparecimento do outro, voce também desaparece...Voces se perdem ao mesmo tempo em que se encontram...Voce se desfaz...O Ego se desfaz....Então inexiste Voce...Inexiste o "Eu"...E inexiste o Outro..."

Aventure-se!!! (Chandra Veeresha Ram)

VIII Acampamento Tantrico- Segredos Sexuais

A União Cósmica
De 15 a 17 de Novembro (feriado prolongado)
Em Guararema SP

Saiba mais em www.templodaluaterapias.com