quarta-feira, 4 de julho de 2012

O Amor e o Medo


"Voce saberá se alguém lhe ama se quando frente a frente ainda olharem olhos nos olhos. Os olhos nunca mentem. Se eles não se encontrarem, ainda que as palavras sejam doces e os gestos aparentemente sinceros, desconfie que algo entre voces não está bem. Só há um motivo para desviar o olhar, em qualquer situação cara a cara: O medo!. E onde há medo, não pode existir amor"

(Chandra Veeresha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário