sexta-feira, 22 de junho de 2012

Yoni (vagina)- Cuidado com corrimentos


Estas são dicas importantíssimas para mulheres e homens.
Muitas mulheres notam a presença de uma secreção esbranquiçada ou incolor e sem cheiro na calcinha. Se esse é o seu caso, não entre em pânico. “Por influência hormonal, desde a adolescência até antes da menopausa é comum o colo do útero liberar essa substância”, diz o ginecologista Edilson Ogeda, do Hospital Samaritano. Mas a quantidade pode variar de mulher para mulher, aumentando no período da ovulação.

Agora, se o corrimento mudar de cor ou provocar coceira, é a hora de procurar um médico. “Pode ser sinal de processo inflamatório, geralmente causado por imunidade baixa ou bactérias transmitidas pelo sexo sem proteção”, alerta o especialista. O uso abusivo de roupas sintéticas apertadas e de absorventes íntimos que impedem a ventilação local, também contribuem para o surgimento do problema.

Ele recomenda então o uso do preservativo, sabonete íntimo e calcinhas de algodão para evitar o problema. “Outra dica é dormir sem a calcinha para que a região não permaneça ‘abafada’ pelo menos durante a noite.”, conta a Dra. Lucila Pires Evangelista. Além disso, jamais tome remédios por conta própria. Isso só piora a situação, pois uma das causas de corrimento é o uso indiscriminado de antibióticos, que destroem as bactérias protetoras da vagina.

Fonte: mdemulher.abril.com.br
====================
Comentários:
Os atendimentos tântricos femininos atuam claramente no sistema hormonal, prevenindo uma série de doenças. Mas neste caso, ela é preventiva. Se a mulher já estiver apresentando um caso clínico que exige mais cuidados, então deve-se procurar o ginecologista., pois primeiro deve-se saber a origem do problema e o que é (se é passível de contágio ou não) e só então, se pode receber a massagem. Sem isso, o (a) Terapeuta Tântrico não pode atendê-la.

Lingam e Yoni- O símbolo fálico


Como a mente”puritana" funciona

A história é que Shiva estava fazendo amor com sua consorte. É claro que quando Shiva faz amor com sua consorte, não é um amor comum. E ele não faz amor com as portas fechadas; as portas estavam abertas.
Houve um problema no mundo dos deuses e Brahma, Vishnu e uma grande multidão de deuses tinhamido perguntar qual seria a solução de Shiva para aquela questão urgente. Por isso, eles entraram na sala – a privacidade de Shiva tornou-se conhecida – mas ele estava tão absorvido no amor, que não percebeu que havia uma multidão assistindo. Todos os deuses tornaram-se “voyers”. Não conseguiram sair, porque algo muito forte estava acontecendo.

A energia era muito grande e eles sentiam. Não conseguiram sair, porque aquilo era muito sagrado.Mas Shiva estava completamente distraído. Ele não estava ali, Devi não estava ali – o homem e a mulher tinham se misturado completamente, um dentro do outro. Uma unidade tinha se formado, uma grande síntese,ume enorme orquestra de energias.

Eles queriam ficar, mas ficaram com medo dos outros deuses. É assim que a mente puritana funciona. Estavam muito interessados em assistir, mas se ficassem e os outros vissem que eles estavam gostando, perderiam seu prestígio. Por isso, eles amaldiçoaram Shiva: “A partir de hoje, sua imagem desaparecerá do mundo e voce será lembrado como um símbolo fálico”: lingam em yoni, sol na lua, a jóia no lótus. “Agora voce será sempre lembrado como um orgasmo.” Essa foi a maldição.

Os outros deuses amaldiçoaram Shiva, mas essa maldição parece ter se transformado em uma benção, porque o símbolo é muito belo. É o único símbolo fálico no mundo adorado como um Deus, sem qualquer condenação. Os hindus se esqueceram completamente de que ele é fálico; não dizem que ele é fálico. Eles o aceitaram totalmente. E o símbolo é belo porque não é apenas Shiva ali, mas também Yoni (Yin também está lá). O lingam é colocado na Yoni; os dois estão se encontrando. É um símbolo de encontro, de orgasmo, da energia se tornando uma só (Osho)

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Tantra- Shiva sem Shakti é um cadáver


" O Tantra diz que Shiva sem Shakti é um cadáver
E que Shakti sem Shiva também é um cadáver.
Esta frase tem sido levada para o lado literal.
Mas ela quer dizer que sem reconhecer o feminino e o masculino em si mesmo, voce está morto.
O encontro com o outro é só uma desculpa do Universo para lhe fazer se encontrar com os opostos que existem em voce.
Porque então, é mais dificiil fugir de quem voce já é."
(Chandra Veeresha)

terça-feira, 12 de junho de 2012

Curso de Tantra Vivencial-Sexualidade Sagrada


SEXUALIDADE SAGRADA
Vivência Tântrica- 28 de Julho


Para o Tantra o toque é fundamental e deve ser o mais amoroso o possível. Ser tocado nos faz sentir amados, nos dá sensações de bem estar, energia, prazer e leveza...
A ciência hoje comprova que o toque suave e carinhoso na pele desencadeia reações hormonais sobre a psique. As endorfinas trazem a sensação de felicidade, aumentam a capacidade de rendimento, elevam o prazer de viver e intensificam a percepção sensória, aumentando também a capacidade de “autocura”.
É comprovado também que pessoas quem não receberam carinho, que foram muito reprimidas quando crianças, tem maior probabilidade de se tornar adultos “travados” fisicamente e atrofiados mentalmente. Sim, a mente também atrofia tal qual os músculos.
Esta vivência em Grupo é focada no Toque. Apresenta vários momentos onde se equilibra os cinco elementos existentes em cada um até promover um bem estar energético, um equilíbrio da energia vital e da sexualidade.
A idéia é lhe apresentar por meio de práticas corporais absurdamente intensas e deliciosas, a Sexualidade de uma forma Sagrada, onde voce se percebe totalmente amoroso e vivo.
Voce experimenta vários tipos de toques (que chamamos de leelas), explorando melhor seu próprio corpo, sentidos, emoções e, ao mesmo tempo, compartilhando a leveza e o prazer da vida, com outras pessoas, enquanto se desliga temporariamente da mente, (e conseqüentemente dos conceitos, julgamentos e tabus criados por ela e pela sociedade).

Quer saber mais? Venha experimentar!!!
Entregue-se! Derrame-se! Divirta-se! Deleite-se!

Tempo estimado de duração: 2hs
Horário: 19:30hs
Investimento: R$98,00 (individual)
R$80,00 para quem reservar vaga com até 10 dias de antecedência.
Facilitadora: Chandra Veeresha
público alvo: Homens e Mulheres acima de 18 anos - solteiros ou casais.
Local: Templo da Lua Centro de Terapia Integrada/Mogi das Cruzes SP* 5 min. centro.
Apoio: Anand Milan
INSCRIÇÕES ABERTAS!!! RESTAM POUCAS VAGAS!
(11)3427-3659

domingo, 10 de junho de 2012

Yoni- Duchar ou não duchar a região íntima?


Para que o assunto possa ser compreendido com melhor exatidão, devemos saber algumas das estruturas que compõem a genitália feminina. A partir disso, podemos entender que a prática da higiene genital deve ser feita no compartimento externo e intermediário (como mostra a figura) evitando a introdução de substancia no compartimento genital interno (vagina e colo uterino). Portanto, não confundir vulva (parte externa da genitália feminina) com vagina (região interna).
NOTA: De acordo com a nova nomenclatura anatômica o nome vulva foi trocado por PUDENDO FEMININO.

Ao contrário do que muitas mulheres pensam, a ducha vaginal, que consiste na higiene interna podendo ter a introdução de substancias, pode trazer malefícios visto que o ato de duchar confere o risco aumentado da perturbação da flora vaginal. O trato genital feminino possui vários mecanismos de defesa contra agentes infecciosos que pode ser quebrado com a pratica da ducha vaginal, facilitando a proliferação de microorganismos, podendo dar origem ao aparecimento de infecções bacteriana e fúngicas (Candidiase).
Foi observado segundo alguns estudos, que há uma associação entre a prática da ducha com vaginose bacteriana, infecção vaginal mais comum de mulheres de idade reprodutiva. No entanto ainda há dúvidas se o fato de se duchar é que leva a vaginose bacteriana ou se o fato de ter vaginose bacteriana é que leva ao ato de duchar (causa/conseqüência).

Após analise de alguns depoimentos de mulheres que fazem a prática, pode ser observado que muitas destas afirmam que o fato de interromper a prática levou a existência de corrimentos, isso enfatiza o que foi dito anteriormente, na verdade pode ser considerado que não foi o ato de parar que levou a existir tal fator, mas provavelmente que a prática, tenha levado ao aparecimento desse corrimento.
Além disso, o ato de se duchar pode levar a fatores de risco como: parto pré – termo ( antes do tempo ideal), câncer cervical, doenças inflamatórias pélvicas, gravidez ectópica, RN com baixo peso, entre outros.

Afinal, como deve ser feito a higienização de forma correta?

Quando nos referimos na higiene feita no banho, esta deve ser feita apenas no compartimento externo e intermédio, como dito anteriormente. Devendo ser feito com água corrente e com produtos de higiene, os quais estes devem, de preferência, possuírem formulação liquida, visto que o sabonetes em barra, mais utilizados devido ao fácil acesso, tradição e baixo custo, são alcalinos ou neutros com o pH ao redor de 7, diferente do pH da vagina que circunda entre 4- 4,5. Além disso o sabonete em barra pode ser compartilhado por outras pessoas, o qual aumenta o risco de contaminação.
A freqüência diária recomendada de higienização é de uma a três vezes em período de clima quente e pelo menos uma vez ao dia no clima frio. Após a lavagem, a secagem deve ser feita com toalhas de algodão e secas, evitando a proliferação de microorganismos.
Alguns outros cuidados também são importantes:

1) Durante o período menstrual, o uso de absorventes externos com película plástica deve ser evitado já que pode provocar irritações.
2)O uso prolongado de tampões também não é recomendável, visto que podem levar a Síndrome Tóxica do Choque, infecção causada pela bactéria Staphylococcus (estafilococos).
3)Desse modo, deve-se evitar dormir com eles.
4) Os absorventes externos devem ser trocados, preferencialmente de 4 em 4 horas.
5)Evite roupas íntimas apertadas e sintéticas, dando preferência para as de algodão, devendo ser trocadas ao menos uma vez ao dia.
6) Dormir se possivelmente, sem calcinha para aumentar a ventilação dos genitais.
A higiene intima é um ato de cuidado e respeito com o próprio corpo. Lembre-se disso e cuide da sua saúde intima, tomando os devidos cuidados.

Por Sissi Bertolini
WWW.medicinadebolso.com

===============
Comentários:1-
Voce reparou que a palavra pudendo, nos remete a uma outra palavra que está no nosso inconsciente há milênios? A palavra "pudendo" substituta da palavra "vulva", nos faz lembrar de "pudor". Ou seja, não é à toa que a mulher ainda esteja tão atrás dos homens no que se refere ao conhecimento do próprio corpo e que ela ainda tenha tanto "pudor'. No corpo feminino, na parte de trás, seguindo a mesma linha da "pudendo, temos o "sacro" cjo significado é "sagrado'. Ora, um é sagrado e o outro é pudor, e a mulher vive sempre na "corda bamaba" entre o que é e o que não é (segundo seu inconsciente- baeado em imposições de sociedades patriarcais)admitido na hora do sexo; a mulher mantem assim o medo de sentir prazer.(Chandra Veeresha)
-
2-Com relação ao absorvente, acredito e aponto na direção de que a mulher precisa manter o contato com o próprio sangue- que representa o poder do femiinino- e durante a menstruação ou "neve vermelha", como chamamos no Tantra, recomendo que utilize absorventes a base de tecidos (existem uns antigos nas farmácias ainda - é bem menos prático, sei disso, mas ajuda a manter a saúde da mulher e a conexão com o sagrado poder do femino que há nela). No período menstrual, dizemos que Kali veio nos visitar e por isso, é necessário o contato com a Deusa, bem de perto.
(Chandra Veeresha)

sábado, 9 de junho de 2012

Massagem Tantrica no Dia dos namorados


Amor...Amor...Amor...
O Dia dos Namorados está chegando!!!
Voce vai dar o que de presente para o seu amor? CD?DVD?Roupa?Flores?Nossa!
Tudo isso é tão comum. Ja reparou que quase todo mundo dá estes tipos de presentes?Surpreenda!!!
Que tal presentear a pessoa que voce ama com algo especial e inusitado e ao mesmo tempo, desfrutar juto com ela de momentos de pura magia e conexão?
Para dar um "empurrãozinho', estaremos dando 10% de desconto em qualquer dos Atendimentos Tântricos para casal, aqui no Templo da Lua. De 11 a 16 de Junho.
Voces podem desfrutar juntos de uma Massagem tântrica, Yonilingam Massagem ou até mesmo um Ritual Tântrico, bem romântico e cheio de amor...
Com ambientação indiana, velas aromáticas e tudo o que é preciso para apimentar a relação e ao mesmo tempo, fortalecer os laços do casal, de forma sensível e amorosa.
Se voce também quiser presentear o seu amor,com um atendimento individual, só para ele, ligue aqui que conversaremos também sobre o desconto. O que importa é manter as chamas do amor acesa!!!
Lembrando que em dias mais friozinhos, a sala é totalmente aquecida!!!
Conheça cada atendimento em nosso site oficial: www.templodaluaterapias.com
Ou ligue : (11)3427-3659

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Yoni- 8 Curiosidades sobre a Yoni (vagina)

Este texto encontrei no site dos meus queridos amigos Lu Riva e Adriano Riva. Vale a pena se informar!

Conheça agora 8 curiosidades sobre sua região íntima:
Confira:

1. É possível contrair uma DST mesmo usando preservativo.
Isso mesmo, a camisinha não impede completamente que você contraia uma doença sexualmente transmissível (DST). Se a pele da vulva entra em contato com a pele afetada no escroto, ainda pode pegar uma DST. Por isso, dormir com diversos homens de forma aleatória pode não ser uma boa ideia. Pelo menos, se sair com os mesmos de um círculo fechado saberá de quem contraiu algo.

2. Use ou perca.
Normalmente, mulheres após a menopausa tendem a ter uma vagina com tamanho reduzido e tecido mais frágil, podendo tornar o sexo doloroso. Pois saiba que, quanto mais “exercitá-la”, menor é o risco de ter problemas. Não deixe de fazer sexo em qualquer idade, exercícios do pompoar também ajudam muito a mante-la forte e saudável!

3. A maioria das mulheres pode não ter orgasmo durante a penetração.
Não se sinta diminuída se você só chega lá com sexo oral ou com outro tipo de carícia. Algumas mulheres simplesmente não conseguem chegar ao orgasmo na penetração e mesmo assim têm uma vida sexual perfeitamente normal. Experimente novas posições, abuse da criatividade e tente se tocar mais e descubra o que lhe dá prazer.

4. Não há mapa para o Ponto G.
Muito se ouve falar sobre o ponto G e algumas mulheres podem se sentir frustradas se não encontrá-lo. Ele está em um lugar diferente para cada uma, por isso não há motivo para frustração. No entanto, de maneira geral, o ponto G se localiza ao longo da parede frontal do canal da vagina. Algumas mulheres são capazes de achá-lo usando o dedo em forma de gancho (como se estivesse falando “vem cá”) e fazendo movimentos de sube e desce por essa parede.

5. Vagina não tem perfume de rosas.
Tudo bem que higiene é item fundamental em qualquer parte do corpo. Porém, algumas mulheres têm verdadeira obsessão em perfumar a vagina com sprays específicos ou usar duchas vaginais. Pois saiba que vagina não tem de ter perfume de rosas. Ela simplesmente deve ter aroma de vagina.

6. Só papanicolau detecta câncer.
É fundamental ir ao ginecologista pelo menos uma vez ao ano para realizar o exame Papanicolau, responsável por detectar o câncer no útero. Nessa consulta de rotina, o médico provavelmente vai pedir outros exames para fazer uma análise completa.

7. Precisar de lubrificação é normal.
Muitas mulheres lutam para se tornar naturalmente lubrificadas. No entanto, não se sinta mal em dar uma ajudinha a seu prazer usando lubrificantes à base de água. Isso vai deixar o sexo mais agradável e confortável.

8. Não estranhe alguns ruídos.
Determinadas posições fazem com que saia ar da vagina, o que lembra o barulho de um pum. Se isso acontecer com você, não pense que o parceiro está pensando: “O que está errado com esta mulher?” Ele certamente já passou por isso outras vezes. O barulho acontece quando o ar é empurrado para dentro da vagina durante a relação sexual e uma mudança de posições permite que saia rapidamente. Simplesmente ignore se isso acontecer e aproveite o momento.

Extraído de www.lupompoar.com.br (Conheça também este site)
Fonte:terra