quinta-feira, 15 de março de 2012

Tantra- Sexo e Necessidades Naturais do Homem


(Homem neste contexto refere-se a ser humano)

Um princípio geral que aparece nos ensinamentos tântricos é abster-se de suprimir necessidades naturais. Qualquer supressão de nossas necessidades físicas causa uma reação interna, um tipo de distorção que destrói a harmonia interior.
É claro que é importante ter capacidade de distinguir o que é natural e o que não é. O discernimento é a chave para colocar em prática este princípio. Este ponto de vista é único na tradição tântrica; quase sem exceção os outros ensinamentos espirituais prescrevem regras estritas para supressão de funções naturais como fome, sono e principalmente, sexo.

Os Tantras ensinam que a supressão das necessidades naturais é potencialmente danosa para a saúde mental quanto a física e pode conduzir à neurose e à morbidez. Embora a supressão das necessidades naturais possa trazer efeitos desejados temporariamente, o resultado em longo prazo é limitante e a verdadeira evolução raramente é alcançada desta maneira.
Há um conceito errôneo comum de que os ensinamentos tântricos, conduzem à licenciosidade. Ao contrário, o Tantra requer uma grande disciplina e um esforço para abolir doentios hábitos ou hábitos antinaturais. Os textos tântricos declaram que as necessidades antinaturais devem ser substituídas por outras naturais, mas nunca, suprimidas

Aprenda a distinguir o real do irreal; o natural do antinatural dentro de si próprio. Por exemplo, é natural para o corpo necessitar de comida de tempos em tempos, mas é antinatural querer comer a cada 10 minutos!
A primeira necessidade deve ser gratificada e a última, transformada.
Sendo indulgente com as necessidades naturais do corpo e da mente, perde-se a capacidade de reconhecer as verdadeiras necessidades.

Uma vez mais, não suprima necessidades psicológicas autênticas. Se tiver a necessidade de espirrar, vomitar ou ir ao banheiro, vá o mais rápido possível. Se voce desobedecer a estes impulsos naturais, a acumulação de pressão nos órgãos internos pode levar a doenças.
O mesmo princípio se aplica às necessidades sexuais, que devem ser encaradas com um bom senso semelhante. Caso deseje livra-se de um hábito que não é salutar, faça-o gradualmente, substituindo o negativo por um positivo. (Penny Slinger)

Nenhum comentário:

Postar um comentário